......................................................... POR UMA CPI NA MÍDIA
A CAIXA-PRETA DAS CAIXAS-PRETAS

 



Editora: Thaís Tibiriçá - tibirica@fazendomedia.com


30.06.2006
FESTIVAL DE ARTES EM DIAMANTINA

Por Thaís Tibiriçá - tibirica@fazendomedia.com

A cidade de Diamantina, no interior de Minas Gerais, foi o lugar escolhido para sediar o 38º Festival de Inverno da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O evento proporcionará aos participantes seminários, palestras e oficinas que contemplam as várias formas artísticas: artes plásticas, audiovisuais, cênicas, literária, musical e transdisciplinares. Este evento de grande porte para a produção artística no país ocorrerá entre os dias 16 e 29 de julho.

O tema do festival é Interatividades, e o homenageado será o artista plástico Raimundo Machado de Azeredo (1894-1988) e sua obra centenária: o presépio de Pipiripau, que começou a construir em 1906. O presépio apresenta cerca de 20 metros quadrados de interpretação e percepção do mundo pelo artista. Há representações de passagens da Bíblia, cenas de parques de diversão, palácios, igrejas, moinhos, pesca, agricultura. Desde 1976, o Pipiripau faz parte do acervo da UFMG e se encontra disponível para apreciação do público no Museu de História Natural e Jardim Botânico da universidade.

As atividades regionais, que fazem parte da programação oficial, começam mais cedo, no dia 11 de julho, e vão até dia 15, sendo conhecidas como ‘pré-festival’. Todos que desejam participar dos seminários e palestras que constituem essa primeira parte do festival devem se inscrever a partir do dia 30 de junho, já que esses eventos serão gratuitos. As atividades que se iniciam no dia 16 de julho serão pagas.

As oficinas oferecidas estão divididas em duas modalidades: iniciação e atualização. Na área de iniciação serão realizadas oficinas específicas de cada área e híbridas. O participante poderá encontrar nas áreas específicas oficinas de Introdução ao Cinema e Animação, Iniciativas Artísticas Comunitárias, Criação Literária (Texto, Corpo, Cidade, Circo, entre outras). Para a modalidade atualização, as ofertas de oficinas serão específicas de cada área, dentro dos núcleos temáticos propostos: arte-aprofundamento, arte-ciência, arte-conceito, arte-poética e arte-tecnologia.

Os organizadores do festival pretendem que neste ano o evento se torne uma referência artística nacional e internacional. Os interessados podem acessar a página oficial do festival: www.ufmg.br/festival.


Clique aqui para assinar nosso jornal impresso


Este site é melhor visualizado na resolução de 800 x 600 pixels.
© 2004 Fazendo Media - por Kzal Design